Sunday, May 26, 2024

Sport TV e RTP aceleram com transmissão do Rali de Portugal 

Must read

O Rali de Portugal arranca esta quinta-feira para quatro dias de prova que contabilizam mais de 330 quilómetros cronometrados entre os dias 9 e 12 de maio. A transmissão é assegurada na íntegra pela Sport TV, mas a RTP também vai acompanhar algumas classificativas.

A Sport TV vai assim transmitir em direto todas as 22 classificativas do Vodafone Rali de Portugal 2024, com uma cobertura que terá mais de 34 horas de emissão em direto. O canal tem também preparada uma emissão especial para cobrir os quatro dias de prova, contando com diversas equipas no terreno e um estúdio onde Pedro Nascimento e Sérgio Veiga vão analisar a prova mais importante dos ralis em Portugal.

Esta é assim a segunda vez na história que existe em Portugal a transmissão, em direto e na íntegra, de todo o Rali de Portugal. A primeira vez ocorreu no ano passado, também pela mão da Sport TV.

A 57.ª edição Rali de Portugal vai também ser acompanhada pela RTP, com narração de Paulo Solipa e comentários de António Catarino. Em reportagem vão estar Eduardo Pestana com Paulo Maio Gomes, Paulo Rolão com Cláudio Calhau, Fátima Pinto com João Agante, Paula Costa com Paulo Oliveira e Paulo Solipa com Hermano Soares. A coordenação da operação é de João Pedro Mendonça.

A RTP1 e RTP2 asseguram a transmissão em direto das classificativas SS1 Figueira da Foz (quinta-feira, 19h-20h, RTP1), SS18 Super Especial Lousada (sábado, 19h-20h, RTP2), SS20 Fafe 1 (domingo, 8h30-9h30, RTP1) e SS22 Fafe 2 (domingo, 12h-13h30, RTP1).

“De destacar o papel da estação pública nesta prova do círculo internacional, onde a RTP, em coprodução com a WRC-TV, produz o sinal internacional para o mundo das Super Especiais da Figueira da Foz (SS1 Lousada) e Lousada (SS18)”, refere a RTP em comunicado.

Na Antena 1 a competição é acompanhada em permanência na Antena 1 Rádio Rali, em plataforma digital. As transmissões das provas, com diretos no final de cada classificativa, reportagens, entrevistas aos pilotos, comentário especializado e atualização das classificações, decorrem também nas emissões de quinta-feira (18-20h), sexta (8h-20h), sábado (07h45-20h) e domingo (das 07h45 às 13h30).

A análise da prova é feita por Jorge Alexandre Lopes, Pedro Castelo e Amândio Santos, enquanto na estrada vão estar os repórteres Noémia Gonçalves, Horácio Antunes, Joaquim Ramalho e Luís Franjoso no final das especiais de classificação, em emissão conduzida por Paulo Rocha.

A emissão é feita também via streaming na RTP Play, no YouTube da Antena 1, e ainda nas frequências FM das rádios locais associadas em cada uma das classificativas (Mundial FM, Rádio Alto Ave, Rádio Voz do Marão, Rádio Voz de Basto e Golo FM).

O programa completo (com horários) da prova está disponível aqui.

O Automóvel Club de Portugal (ACP) espera mais de um milhão de pessoas a assistir à passagem dos concorrentes na quinta prova do Campeonato do Mundo (WRC), a etapa mais concorrida até ao momento.

Em competição na 57.ª edição do Rali de Portugal vão estar sete antigos vencedores, Elfyn Evans, Thierry Neuville, Kalle Rovanperä, Ott Tänak, Sébastien Ogier, Kris Meeke e o português Armindo Araújo, os dois últimos ao volante de carros da categoria Rally2.



No ano passado, o Rali de Portugal gerou um impacto económico estimado de 164,7 milhões de euros, de acordo com um estudo realizado pela Universidade do Algarve, um recorde para o evento. De acordo com o trabalho realizado pela universidade algarvia, são mais 10,9 milhões de euros do que no ano anterior, representando um crescimento de 7,1%.

Latest article