Thursday, May 23, 2024

Fitness Hut vai mudar de dono

Must read

“A Providence Equity Partners (“Providence”), uma das principais gestoras de fundos de capital de risco especializada em investimentos nos setores dos media, comunicações, educação e tecnologia, anuncia hoje ter chegado a acordo para a aquisição do Grupo VivaGym, um operador líder ibérico de ginásios ‘low cost’, à Bridges Fund Management (“Bridges”), um investidor em sustentabilidade e impacto”, lê-se num comunicado divulgado hoje.

O acordo está ainda sujeito às condições habituais e regulamentares de fecho, incluindo a aprovação pelas autoridades da concorrência portuguesas e espanholas, estando a conclusão da operação – cujo valor não foi divulgado – prevista para antes do final do segundo trimestre de 2024.

“Estudámos de perto a indústria do ‘fitness’ na Europa durante 10 anos e acreditamos que este é o momento certo para nos associarmos com um líder como o VivaGym, neste mercado altamente atrativo”, afirma o diretor-geral da Providence Equity Partners, Robert Sudo, citado no comunicado.

De acordo com as informações hoje divulgadas, “a equipa de gestão do VivaGym, que continuará a liderar o negócio após o investimento, reinveste juntamente com a Providence, e os fundos geridos pela Ares Management Corporation, o principal financiador do VivaGym, continuarão a ser um financiador”.

A Bridges investiu pela primeira vez no VivaGym em 2015, quando tinha apenas 15 ginásios em Espanha, tendo entretanto expandido a sua atividade através de novas aberturas e aquisições estratégicas, nomeadamente a entrada no mercado português, com a compra do Fitness Hut, e a compra do Duet Fit e do Happy Gym em Espanha.

Já a Providence é apresentada como tendo “longa experiência em parcerias com empresas no setor do lazer e indústrias adjacentes em toda a Europa”: “A sua experiente equipa de investimentos suportará o VivaGym à medida que continua a executar a sua estratégia de crescimento em Portugal e Espanha”, lê-se no comunicado.

As receitas totais do grupo VivaGym atingiram os 93,2 milhões de euros em 2023, registando um crescimento de 23% em comparação com 2022. Em Portugal, as receitas ascenderam aos 35,9 milhões de euros, face a 23,9 milhões de euros no ano anterior.

Latest article