Saturday, June 15, 2024

Como Revolução dos Cravos abriu portas de Portugal para exilados brasileiros – BBC News Brasil

Must read

Crédito, Arquivo Nacional

Legenda da foto, José Celso Martinez Corrêa, em foto de 1972

  • Author, Edison Veiga
  • Role, De Bled (na Eslovênia) para a BBC News Brasil

A Revolução dos Cravos, que levou à queda em Portugal do governo ditatorial de direita em 25 de abril de 1974, representou uma porta aberta para centenas de brasileiros exilados pela ditadura militar brasileira.

Afinal, os lusitanos haviam acabado de implantar um governo democrático com forte orientação socialista. Era inevitável que interesses e oportunidades estivessem em sintonia.

A partir de então, em um movimento que duraria até o início dos anos 1980, Portugal acolheu políticos, artistas, médicos, professores, jornalistas e outros brasileiros que estavam sendo perseguidos pelo regime ditatorial que governava o país.

Entre os nomes que encontraram abrigo lá, estão o de personalidades como o político Leonel Brizola (1922-2004), os dramaturgos José Celso Martinez Corrêa (1937-2023) e Augusto Boal (1931-2009), o jornalista, ambientalista e político Alfredo Sirkis (1950-2020), a advogada e política Moema São Thiago, o engenheiro Mauricio Paiva, o sindicalista Enoir Oliveira da Luz, o dirigente partidário e professor de matemática Enio Bucchioni, o médico Almir Dutton Ferreira e o geógrafo e ambientalista Carlos Minc.

Latest article