Sunday, May 26, 2024

Portugal Fashion regressa hoje ao Porto com desfiles no Museu do Carro Eléctrico

Must read

O Portugal Fashion, evento de promoção da moda portuguesa, regressa hoje ao Porto para cinco dias de desfiles no Museu do Carro Elétrico, com destaque para as criações nacionais e de oito países de África.

Em entrevista à agência Lusa sobre a escolha do Museu do Carro Elétrico, no Porto, para ser o novo quartel-general do evento da promoção da moda nacional aqui e além-fronteiras – a tradição era ser no edifício da Alfândega do Porto -, a diretora do Portugal Fashion, Mónica Neto, explicou que além da “beleza arquitetural” e da proximidade ao Rio Douro, o Carro Elétrico representa também uma preocupação com a sustentabilidade aliada à mobilidade elétrica.

“Gostamos sempre de apresentar o Portugal Fashion como um curador, que mostra locais diferentes da cidade a quem nos visita, sendo que mesmo para quem é do Porto alguns locais podem ser uma agradável surpresa. Neste caso concreto, o Museu do Carro Elétrico, além de garantir beleza arquitetural e proximidade ao ambiente urbano e à beleza natural do rio Douro, representa também uma ligação conceptual a uma preocupação estratégica para o Portugal Fashion, a sustentabilidade, aliada à mobilidade elétrica, neste caso criando uma conexão entre passado e o futuro”.

A 53ª edição do Portugal Fashion arranca hoje, dia em que o evento vai estar dedicado ao projeto Canex Presents Africa @ Portugal Fashion, em que vai ser realizado um “roteiro industrial para identificar possíveis parceiros de produção”. Está também previsto uma sessão de lançamento do programa de mentoria dos 10 ‘designers’ que integram a parceria desta estação, explicou Mónica Neto.

Mónica Neto salientou que esta edição do Portugal Fashion vai voltar a apresentar as “melhores criações nacionais”, mas destaca em particular o caráter “cada vez mais internacional” do calendário do evento de moda.

“Temos mais uma edição com dez ‘designers’ vindos de oito países do universo criativo e geográfico de África. Trata-se de uma parceria que muito nos orgulha e que fazemos questão de preservar, pois representa o reconhecimento do ‘know-how’ (saber fazer) do Portugal Fashion e da valência do fashion hub português”.

Na quarta-feira, dia 11 de outubro, a abertura do calendário de desfiles do Portugal Fashion fica a cargo do BLOOM, espaço dedicado à apresentação de novos talentos portugueses no setor do ‘design’, onde se destaca o regresso da marca ARIEIV.

Nos dias 12, 13 e 14, o Portugal Fashion vai apresentar as novas coleções de ‘designers’ emergentes e consagrados dando também palco à industria de calçado e acessórios, à mostra de moda sustentável iTechStyle Green Circle by Citeve e à produção de joalharia com o desfile Gondomar Original Jewellery.

Questionada sobre os apoios ao evento, Mónica Neto revelou que esta edição vai ser maias uma vez “uma edição de compromisso e de transição”.

“Aguardamos pela abertura do aviso para submissão de candidatura ao Portugal 2030”, esclareceu.

O projeto Portugal Fashion foi criado em 1995, pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e ATP — Associação de Têxtil de Portugal, e era tradicionalmente financiado em 85% por fundos europeus. Com o fim do programa Portugal 2020, o evento aguarda agora o programa Portugal 2030.

Latest article