Wednesday, July 17, 2024

Portugal é o país convidado do Festival Internacional de Artes Cénicas do Uruguai

Must read

Portugal vai ocupar um lugar de destaque como país convidado no Festival Internacional de Artes Cénicas do Uruguai (FIDAE), que se realizará entre 16 a 24 de agosto deste ano.

O anúncio foi feito pela diretora nacional da Cultura do Uruguai, Mariana Wainstein, em conjunto com o embaixador de Portugal no Uruguai, João Pedro Antunes, numa conferência de imprensa em Montevideu.

“É um privilégio ter Portugal como país convidado para a próxima edição deste festival e penso que estamos muito bem representados com as obras que vamos trazer”, salientou o diplomata.

O embaixador português realçou ainda que o convite surgiu num momento “perfeito” devido ao grande trabalho que tem vindo a ser feito ao nível da expansão da cultura portuguesa através das artes cénicas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Lembrou ainda que este ano se comemoram os 50 anos da Revolução do 25 de abril de 1974, tema de uma das peças a apresentar no festival.

O embaixador português falou sobre a peça “Portugal não é um país pequeno”, salientou que então “um milhão de portugueses deixou África para regressar a Portugal” e disse também que a peça faz uma abordagem muito interessante sobre “os múltiplos ajustamentos do caos de uma revolução”.

O diplomata referiu-se igualmente à peça portuguesa “O tamanho das coisas”, que aborda a deficiência, tema sobre o qual afirmou estar a trabalhar a partir da Rede de Institutos Nacionais de Cultura da União Europeia.

“Acredito que o teatro e a arte em geral nos faz ultrapassar as nossas próprias deficiências, as deficiências que todos nós temos para compreender o outro, para compreender o mundo”, salientou o responsável.

O FIDAE vai oferecer, além do teatro, um programa de dança e circo e marionetas, segundo declarou a diretora nacional da Cultura, sublinhando que, em conjunto com o Instituto Nacional de Artes do Espetáculo, foram selecionadas obras da Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, França, Espanha, Portugal e do Uruguai.

O ministro da Educação e Cultura do Uruguai, Pablo Da Silveira, por sua vez, destacou a importância da iniciativa de descentralização da FIDAE, que levará os espetáculos a diferentes regiões do interior do país.

“Há um objetivo especial de promover a circulação cultural de Montevideu para o interior”, frisou o governante.

Nesta edição do FIDAE, que decorre entre 16 a 24 de agosto, serão realizados 28 espetáculos que reunirão “o melhor das artes performativas”, salientou a entidade organizadora.

Latest article