Saturday, June 15, 2024

Hotéis brilham em Portugal e na Europa: investimento vai subir em 2024

Must read

O imobiliário comercial viu o investimento cair em Portugal e na Europa ao longo de 2023. Mas houve um setor que se destacou pela positiva: a hotelaria. Isto porque na Europa o investimento em hotéis logo começou a dar sinais de recuperação na segunda metade do ano. E em Portugal liderou mesmo o investimento em imobiliário comercial. As expectativas para 2024 são otimistas, esperando-se que os volumes de investimento em hotéis europeus “ultrapassem significativamente” os números de 2023, revela um estudo da Savills.

Num ano em que o investimento em imobiliário comercial foi fortemente afetado pelo contexto de elevados juros e inflação, a hotelaria acabou por ser um segmento de refúgio em Portugal. Isto porque, no nosso país, os hotéis lideraram o investimento imobiliário, captando mais de 570 milhões de euros, com 83% do capital de origem internacional.

O país europeu que mais atraiu capital para a hotelaria em 2023 foi o Reino Unido, registando 2,62 mil milhões de euros em transações hoteleiras. E o segundo foi Espanha registando movimentos acima dos 2,61 mil milhões de euros neste setor, explicam em comunicado enviado às redações.

O que se sentiu no mercado imobiliário britânico é que houve um aumento da atividade na hotelaria na reta final de 2023, “ajudado por uma redução dos custos dos empréstimos e, assim, pela melhoria do sentimento dos investidores”, esclarecem. Só este ano, o Reino Unido já conta com mais de mil milhões de euros de ativos hoteleiros pelo que a Savills prevê que o volume total de investimento em hotéis ultrapasse os níveis de 2023.

Ao que tudo indica, 2024 também será um bom ano para a hotelaria em Portugal. “Este ano, prevê-se que o segmento hoteleiro mantenha o dinamismo, assente num excelente desempenho operacional, que manterá o país na rota de investidores e marcas hoteleiras internacionais”, diz Luís Clara, Capital Markets Associate da Savills Portugal.

“No segundo semestre de 2023, a atividade de investimento [na Europa] mostrou sinais promissores de recuperação, assinalados por aumentos trimestrais consecutivos”, conclui Richard Dawes, Director Savills EMEA hotels team, indicando ainda que “esta dinâmica continuou com volumes mais fortes no 1º trimestre de 2024 em vários mercados-chave da região.”

Hotelaria na Europa deverá atrair 10 mil milhões em três anos

A hotelaria deverá continuar a ser um setor no imobiliário atrativo, já que se sente maior vontade entre os investidores para aumentar o capital alocado a este segmento nos próximos três anos. Apenas neste período, os inquiridos no Savills European Investor Sentiment Survey 2024 esperam investir cerca de 10 mil milhões de euros, em particular nos “Serviced Apartments”, “Lifestyle Hotels” e nos “Mid-Market Hotels”.

“Em Portugal, nos próximos dois anos, deverão abrir mais de 80 novas unidades hoteleiras, que resultarão numa oferta total superior a 7.900 camas espalhadas por todo o país e promovidas por marcas internacionais”, destaca Luís Clara.

Até lá, importa prestar atenção à procura no mercado hoteleiro europeu, que está ainda em recuperação. Os compradores privados e proprietários/operadores vão continuar ativos, e o privado de média capitalização e as instituições deverão recuperar em 2024, “apoiados pelo apelo relativo do setor de hospitalidade, fortes fundamentos de procura, desempenho operacional e a pressão para implantar capital”, destaca Marie Hickey, Director Savills research.

Além destes, “os mercados de dívida desempenharão um papel importante na definição do panorama de investimento da hotelaria europeia em 2024”, acrescenta Charlie Bottomley, director, Savills Capital Advisors, Debt Advisory, citado no documento.

Latest article