Saturday, June 15, 2024

Tecnológica norte-americana Equinix investe mais 50 milhões de euros em Portugal

Must read

A empresa cotada em Wall Street, especializada em infraestruturas digitais, anunciou esta terça-feira que vai abrir um novo ‘data center’ na região de Lisboa e criar cerca de 30 postos de trabalho. A inauguração está prevista para o primeiro trimestre de 2025.

A tecnológica norte-americana Equinix anunciou esta terça-feira que vai construir o segundo centro de dados (data center) IBX na região de Lisboa e fazer um investimento inicial de 50 milhões de euros. Designado “LS2 International Business Exchange”, prevê-se que crie cerca de 30 novos postos de trabalho diretos e indiretos qualificados e seja inaugurado no primeiro trimestre de 2025.

O data center ficará localizado no mesmo campus do anterior (LS1), em Loures, e pretende ser uma rede de ligação e conexão entre América, Europa a África. O diretor geral da Equinix em Portugal, Carlos Paulino, avançou ao Sapo Tek os trâmites deste investimento: “Estamos já em fase avançada de contratualização” e com “as obras a todo o vapor”.

“O aumento da procura a que estamos a assistir, por parte de empresas em Lisboa e um pouco por todo o Atlântico e Mediterrâneo, torna este investimento oportuno e significativo. Lisboa tem potencial para se tornar um centro estratégico denso e valioso, e temos o prazer de contribuir para o seu crescimento e de nos posicionarmos como a pedra angular da Europa”, afirmou, entretanto publicamente, Carlos Paulino.

A dupla de data centers da Equinix em Lisboa (LS1 e LS2) vão fornecer mais de 2000 interconexões, bem como serviços de conectividade de rede para mais de uma centena de empresaras, cerca de 45 redes e quatro Internet exchanges (pontos de troca de tráfego). No total, a empresa especializada em infraestruturas digital tem 260 data centers em todo o mundo, nomeadamente em cidades europeias como Madrid, Barcelona, Bordéus, Génova ou Milão, além de Lisboa.

A cotada no índice tecnológico Nasdaq reconhece “a crescente importância” de Lisboa como hub de cabos submarinos, uma vez que tem onze atracados e com conectividade a 91 estações terrestres e 62 países. É o caso do EllaLink (Portugal-Brasil), do Equiano (Portugal-África do Sul), do 2Africa (África), do Medusa, (Mediterrâneo) ou do Nuvem (Portugal-Estados Unidos), sendo que dois deles são da Google.

“A Equinix está comprometida em apoiar o crescimento sustentável da Internet, para servir as economias em todo o mundo. Lisboa tem um imenso potencial para se tornar um valioso centro estratégico para empresas internacionais que expandem as suas operações na Europa, Américas e África”, acrescentou a vice-presidente de Crescimento e Mercados Emergentes da Equinix, Judith Gardiner, em comunicado divulgado esta manhã aos meios de comunicação social.

Latest article