Saturday, June 22, 2024

Portugal vai à South Summit em Espanha com delegação de 30 startups

Must read

A conferência de inovação em Madrid realiza-se entre os dias 5, 6 e 7 de junho. “É uma oportunidade única para as startups portuguesas apresentarem as suas soluções inovadoras e estabelecerem parcerias estratégicas”, diz a Startup Portugal.

Falta apenas um dia para o arranque da 13ª edição da South Summit, uma conferência de empreendedorismo e inovação com expressão na Europa e na América Latina, e Portugal está preparado para marcar presença. A delegação portuguesa que viaja para Madrid (Espanha) nos próximos dias 5, 6 e 7 de junho é composta por 30 startups.

A confirmação foi dada esta terça-feira pela Startup Portugal, que esclareceu que 10 empresas irão à capital espanhola no âmbito do programa “Business Abroad”, através do qual esta organização pública leva os inovadores a feiras internacionais. Esse grupo emprega mais de 120 pessoas e levantou cerca de oito milhões de euros.

São elas: a Brainr (software e sensorização para a indústria manufatureira), a Bridge In (software de gestão de empresas), a Follow Inspiration (robótica e maquinaria para fábricas), Greenmetrics.ai (software e sensores para análise à pegada de carbono), a Growappy (plataforma digital para o ensino pré-escolar), a InAppStory (engagement por gamificação e vídeos curtos, como stories), Indie Seguros (seguros para freelancers, micro e PME), a Mighty (software de gestão de logística alimentar e armazenamento), a Nevaro (criadores da aplicação Holi, uma espécie de PT para a saúde mental) e a SheerME (consulta, reserva e pagamento de serviços de beleza e bem-estar).

O CEO da SheerME, que expandiu para o país vizinho recentemente, considera que a South Summit “oferece às startups uma oportunidade para construir uma rede de contactos valiosa, essencial para o seu crescimento e desenvolvimento”.

“Espanha é frequentemente um mercado estratégico para startups e negócios portugueses, pela proximidade e pelas semelhanças de mercado. De acordo com o Índice de Inovação da Comissão Europeia, publicado no ano passado, Espanha está claramente à frente da UE no que diz respeito ao número de trabalhadores com competências digitais avançadas, o que é uma mais-valia para os negócios tecnológicos que se querem lançar ali”, argumenta Miguel Alves Ribeiro.

As restantes 20 são: a Ambi Careers, a Boost Express, a Chrono Health, a Duma,  a Enline, a Fluks, a Followup Global, a GovWise, a Granter, a Intuitivo, a IT Recruiter, a Kardz, a LockEM, a Luggit (recolha, armazenamento e entrega a bagagem), a Moviinn, a Mystic, a Purrmi, a SentiVue, a Visible Sports (plataforma digital para procurar atividades desportivas em cidades) e a WiseWorld.

“É uma oportunidade única para as startups portuguesas apresentarem as suas soluções inovadoras e estabelecerem parcerias estratégicas num dos mercados mais importantes para Portugal. Após a nossa primeira participação na conferência 4YFN em Barcelona, no início do ano, com 20 startups, o regresso com mais esta missão a Madrid, evidencia a consolidação deste mercado”, comentou o diretor executivo da Startup Portugal, António Dias Martins.

Latest article