Saturday, June 22, 2024

Ginásios de Famalicão desistiram do apoio da pandemia e dono esclarece alegada venda

Must read

O grupo Fitness UP desistiu da candidatura ao Banco Português do Fomente de 5,8 milhões de euros para colmatar a subida da inflação e efeitos provocados pela pandemia, disse a O MINHO o fundador e administrador do grupo de Famalicão.

Ao contrário do que tinha sido avançado por O MINHO a citar a imprensa financeira especializada nacional, Hélder Ferreira refere que o plano económico próprio de expansão da rede de ginásios permitiu a saída da corrida ao apoio, que já estava praticamente assegurado depois de ter sido incluído com quatro outras empresas na lista de candidaturas aprovadas.

“”Felizmente, devido ao nosso plano económico de expansão não precisamos de receber os fundos”, sublinhou o empresário natural de Famalicão.

Sobre a alegada venda de ginásios, informação avançada na imprensa nacional especializada em economia, Hélder Ferreira refuta que seja “uma venda” que está a ocorrer, salientando também que não se trata de uma novidade, pois é uma estratégia que acontece desde 2019.

“O facto de procurarmos parceiros estratégicos para integrar os projetos de investimento relacionados com o plano de expansão não pode ser confundido com uma hipotética venda de ginásios, uma vez que o propósito é exatamente o contrário, ou seja, agregar maior investimento para que consigamos expandir-nos de forma eficiente e célere, solidificando a nossa liderança no mercado”, explicou o CEO a O MINHO.

Em janeiro de 2024, o jornal espanhol El Economista dizia que o grupo famalicense estava “aberto aos fundos (capital de risco)” ao longo de 2024 e já havia interesse de investidores espanhóis.

De acordo com o Jornal Económico, este processo está a cargo da consultora Clearwater, informação confirmada por O MINHO junto da cadeia de ginásios, que nos adiantou que essa consultoria já ocorre desde 2019.

Hélder Ferreira nota que o Grupo Fitness UP “é um conjunto de empresas” e que “cada ginásio corresponde a uma empresa, sendo que o administrador é e continuará a ser Hélder Marinho Ferreira”.

Segundo o famalicense, “caso surja um investidor, este poderá investir numa das empresas ficando como sócio minoritário, ou seja, passando a deter uma percentagem menor do seu capital social”.

Esclarece, ainda, que mesmo após as parcerias, “todos os ginásios continuam a pertencer ao Grupo Fitness UP e a maioria da administração do grupo é algo da qual não abrimos mão”.

“Portanto, o grupo mantém-se com o mesmo administrador, sendo que é bem-vindo investimento externo para fazermos do Fitness UP uma marca de referência nacional e internacional”, concluiu.

A Fitness Up foi fundada em 2012 em Famalicão, por Hélder Ferreira, e emprega cerca de 1.200 pessoas em todo o país. Aos 17 anos tornou-se recepcionista de um ginásio enquanto frequentava o curso de Gestão, sendo depois promovido a gerente do mesmo espaço. Anos mais tarde acabou por fundar o seu próprio “club de fitness” depois de perceber uma oportunidade no mercado ‘low-cost’.

Latest article